Rádio 96 FM

OPINIÃO

LUAN DE BORTOLI




​O retorno às aulas presenciais é urgente?

É preciso equilibrar a equação que envolve os riscos de adiar ou não a volta.
Adicionado em 18/09/2020 às 10:35:36

Assunto em alta nas últimas semanas, o retorno às aulas presenciais ainda não é unanimidade. Este tema, a bem da verdade, é uma das polêmicas do momento e não chega a um consenso entre autoridades ligadas ao setor de ensino. Diante de tanto falatório, todos acabam tendo uma opinião sobre o assunto. E a pergunta é: há urgência em retornar às aulas presenciais?

O Estado já informou que os estudantes mais velhos, dos últimos anos do ensino médio, deverão retornar nos próximos dias. A data do momento é 13 de outubro. A volta é cercada de um grande regramento e muitas dúvidas. Seria um teste para aqueles estudantes que precisam de reforço de conhecimento.

Mas, depois disso consumado, a naturalidade seria o retorno também dos demais alunos. Mas estariam eles, os mais jovens, as crianças, preparadas para esta nova rotina? Órgãos acham que não. A Fecam (que representa os municípios) e a Undime (o ensino) divulgaram uma nota conjunta recomendando o não retorno.

No documento, as entidades elenco diversos itens para comprovar que o retorno neste momento não tem como e nem necessidade de ocorrer. Outras autoridades, ligadas ao ensino ou à saúde, também destacam que não há urgência para que o retorno ocorra precocemente. O assunto também é alvo de discussão nos municípios da Amauc. Representantes do setor não escondem o desejo de postergar o retorno para evitar problemas ligados à saúde e ao próprio aprendizado.

Há quem vai além e diga para desconsiderar este ano letivo. Opiniões não faltam. E sabemos, é claro, da problemática que é apagar um ano letivo. Mas há tantos fatores envolvidos nessa possível retomada, que o resultado da equação, mesmo que imprevisível, aponta mais para uma confusão do que ganho se ocorrer.

Para efeitos de comparação, nos Estados Unidos, as aulas estavam programadas para retornarem na próxima segunda-feira. No entanto, decisão mais recente mudou isso. Conforme comunicado, eles sentem que as escolas e profissionais não estão preparados para receber estudantes. As unidades precisam passar por melhorias.

A verdade, nisso tudo, é que o país errou desde o início em não tratar a educação como um importante tema em meio à pandemia. Cada região definiu seu retorno. Mas pouco houve de estudo e entendimentos que indicassem isso. Em Santa Catarina, foram anunciadas seguidas datas para os alunos voltarem, e a maioria, adiada. O problema vem do início. Mas, quem sabe, ainda dá tempo de tentar evitar o pior. Com calma. Sem urgência. 


Imagem: Rodolfo Santos/Getty Images/iStockphoto





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

23

Out
Luan de Bortoli

A sina da vacina

Quero começar essa coluna dizendo que sei que muitas pessoas não concordam comigo. E que outras têm ideologias e maneiras de levar a vida diferente. Portanto, não é sobre obrigatoriedade para a vacinação contra o coronavírus - embora eu seja...

Leia mais

16

Out
Luan de Bortoli

Violência às claras

Nesta semana, entre quarta e quinta-feira, um vídeo rapidamente viralizou nas redes sociais e, logo em seguida, ganhou repercussão nos principais portais de notícia do país. As imagens mostravam um homem agredindo uma mulher, após alguns minutos de...

Leia mais

09

Out
Luan de Bortoli

Números que crescem, e nossa responsabilidade também

 Ainda não vencemos o coronavírus. Ele ainda nos domina. É isso. Começo a coluna dessa forma, para alguns, talvez, meio alarmista, mas, com certeza, a realidade. É este vírus que ainda dita como é e será a nossa rotina. Então, não adianta se...

Leia mais

02

Out
Luan de Bortoli

Uma ação digna de aplausos para não deixar você esquecer da gravidade do câncer em meio à pandemia

Campanha que existe pelo menos desde meados da década de 90, o Outubro Rosa vive em 2020 um momento diferente. Projeto que visa orientar e apoiar as mulheres em relação ao câncer de mama, ações especiais, comuns nesta época, da forma que eram feitas,...

Leia mais

25

Set
Luan de Bortoli

​Ajudar quem ajuda

Nesta semana, produzi uma reportagem sobre a situação financeira das organizações não governamentais de Concórdia que realizam o serviço de proteção aos animais abandonados no município mas que passam por graves problemas financeiros que colocam em...

Leia mais