Rádio 96 FM

OPINIÃO

MARCOS FEIJÓ



Radiojornalista
Marcos Roberto Andriatta Feijó, 49 anos de idade - Natural: Porto Alegre. Radiojornalista (curso superior sequencial/UNC Concórdia) 31 anos de profissão. Narrador esportivo




​ Qual é o "prazer" em fazer isso?

E se descartassem no seu pátio?
Adicionado em 24/09/2019 às 08:17:00


Entidades têm feito esforço para em ações programadas ou quando de denúncias (é o caso da Fumdema) para limpar beira de ruas e rodovias onde surgem pontos de descarte de lixo. Começa com um pouco de material de construção, aí surgem pneus, televisores velhos, roupas, animais mortos e vira lixão. O problema é que, primeiro, a decomposição dura séculos e , segundo, trata-se de descarte em vegetação. Após a limpeza é posta placa alertando para a proibição do derramamento de lixo. 
Se o povo fosse consciente nada disso seria necessário, mas tem gente que vive pior que animal. Aliás, pergunto: e se alguém fizesse tal descarte no pátio de sua residência, na frente de seu edifício? 

Ainda não se indignou? Convido você, leitor, para quando ver um ponto de “lixão” em beira de rua ou rodovia, parar e chegar perto. Não acreditarás no que os olhos testemunharão. Imaginarás como, na calada da noite, alguém de sã consciência, possa fazer esse CRIME. (twitter @MarcosRFeijo)





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

07

Jul
Marcos Feijó

O material...

Vocês já pararam para perceber o tamanho do mundão? Já notaram quando viajamos olhando pela janela a imensidão de campos sem fim? Pois a grande maioria de nós vive a viva toda por um pedacinho de chão, talvez uma média de 450 metros quadrados e a sua...

Leia mais

30

Jun
Marcos Feijó

Não mais na minha geração

Duas obras para Concórdia, que particularmente tanto cobrei, e que não creio mais que as verei: a reforma do ginásio Silveirão e a calçada(passeio) entre o Guilherme Reich e o Nova Brasília, costeando a SC 390. A falta de força política é maior que o...

Leia mais

23

Jun
Marcos Feijó

Não perca a força!

A palavra “quebradeira” é até um pouco pejorativa, mas quero escrever a linguagem simples. Tenho falado com algumas pessoas que entendem de finanças e a maioria diz que a “dor de barriga” sequer chegou. O certo é que teremos que nos regenerar. Viver...

Leia mais

16

Jun
Marcos Feijó

APODRECEU!

Deu, acabou, vamos pra realidade, pra verdade, pra mais pura definição: a SC 283, entre Concórdia e Chapecó apodreceu. Isso mesmo: de apodrecer. Reforço o sentido da palavra porque a rodovia está podre.  Mas se você que uma rotulagem mais sutil:...

Leia mais

09

Jun
Marcos Feijó

Futebol retrô!?

Não parei para assistir, muito menos ouvir, retransmissões de partidas de futebol. Na verdade, por curiosidade, alguma coisa da Copa de 70 acabei vendo, mas bem pouco. A maioria dos cronistas diz que nos dias de hoje o futebol é mais valente, mais...

Leia mais