ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




BLOG DOS COLUNISTAS

Jornalista
Radiojornalista
Repórter Polícial
Jornalista

PAULO GONÇALVES


Jornalista
Paulo Sérgio Gonçalves, radialista e jornalista. Formado em Letras Português/Inglês pela Unoesc/Joaçaba, Pós-graduado em Comunicação, Informação e Cultura pela UnC-Concórdia e formado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pela UnC-Concórdia.



Protestos: É hora de refletir
Adicionado em 28/05/2018 às 11:08:49

Os protestos dos caminhoneiros nas estradas brasileiras ganhou o apoio de grande parte da sociedade. As reivindicações são legítimas, afinal, os aumentos abusivos nos preços dos combustíveis trazem enormes dificuldades não somente para esse setor, mas para a sociedade em geral.

Muitas entidades e empresas se somaram às mobilizações dos caminhoneiros, comprovando que os brasileiros não suportam mais desmandos e injustiças. Neste momento, a classe dos caminhoneiros está sendo reconhecida pela importância que tem para o desenvolvimento do país.

O Governo Federal, que tanto tem falhado em sua política de fixação de preços dos combustíveis, formulou uma proposta um pouco mais descente para a categoria: a redução de 0,46 centavos no preço do óleo diesel e o congelamento do valor por 60 dias ainda não é aquilo que os caminhoneiros merecem, mas, inegavelmente, houve alguns avanços.

Por fim, é necessário que o Governo Federal estude, imediatamente, uma nova política para a fixação de preços dos combustíveis, evitando esse clima de instabilidade provocado pelos constantes aumentos. A luta dos caminhoneiros é plausível e não para por ai. Todavia, em se tratando de região Oeste de Santa Catarina, chegou a hora de refletir sobre os impactos de um eventual prolongamento dessas paralisações.

O Oeste tem uma característica diferente de outras regiões. A base da nossa economia é o setor agroindustrial, ou seja, a produção de alimentos. É preciso ter cuidado para não colocarmos em xeque a nossa produção, gerando novas desconfianças do mercado internacional. O nosso produto requer um cuidado especial e os animais que produzimos e exportamos precisam de uma alimentação adequada. Precisamos evitar a mortandade de animais e o canibalismo, consequências extremas que podem ameaçar as importantes conquistas sanitárias e econômicas que tivemos ao longo da história. Esse é um tema que merece uma profunda reflexão.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet