ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




BLOG DOS COLUNISTAS

Jornalista
Radiojornalista
Repórter Polícial
Jornalista

PAULO GONÇALVES


Jornalista
Paulo Sérgio Gonçalves, radialista e jornalista. Formado em Letras Português/Inglês pela Unoesc/Joaçaba, Pós-graduado em Comunicação, Informação e Cultura pela UnC-Concórdia e formado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pela UnC-Concórdia.



2019: Véspera de um ano eleitoral
Adicionado em 05/03/2019 às 11:48:40

O ano de 2019 é um ano importante para a política. É o período que antecede as Eleições Municipais. Em Concórdia, o tema "Eleições" começa a ser mais debatido nos bastidores (embora ainda com certa discrição).

O prefeito Rogério Pacheco não tem comentado sobre política (ao menos publicamente). Mas tem afirmado em suas entrevistas que 2019 será um período de muitas realizações. Uma delas, foi anunciada nesta manhã - o início do asfaltamento de parte do acesso à comunidade de Sede Brum. Pacheco é (naturalmente) o nome do PSDB para uma possível tentativa de reeleição.

O PR (partido do vice-prefeito Edilson Massocco) também tem nomes para uma possível disputa à majoritária. O próprio Massocco é um nome lembrado, mas também tem o ex-presidente da Câmara de Vereadores, Artêmio Ortigara.

O MDB tem os nomes os vereadores Closmar Zagonel e Marilane Fiametti Stuani. O PSD tem o nome natural do ex-vereador , Cezar Luiz Pichetti e o do atual vereador, Jaderson Miguel. O atual presidente do Legislativo Municipal, Mauro Fretta é o nome que mais causa ressonância no PSB.

O PT, como já é tradição, deve vir forte e tem como possíveis nomes: João Girardi, Neodi Saretta, Neuri Santhier, Evandro Pegoraro e Arlan Guliani. E ainda, correndo por fora, tem Rutineia Rossi o principal nome do PSL local.

Sobre possíveis composições: Há indícios de uma possível aproximação entre MDB, PSD, PSB, PDT e PT. Do outro lado, PSDB, PR e PP poderiam reeditar a coligação vitoriosa nas últimas eleições. O PSL normalmente assume uma posição de neutralidade, mas há também alguns indícios de que, em Concórdia, a sigla estaria mais próxima do PSDB e do PR. Até o momento das definições, o cenário pode mudar. As tratativas deste ano serão decisivas.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet