Rádio 96 FM

OPINIÃO

PAULO GONÇALVES



Jornalista
Paulo Sérgio Gonçalves, radialista e jornalista. Formado em Letras Português/Inglês pela Unoesc/Joaçaba, Pós-graduado em Comunicação, Informação e Cultura pela UnC-Concórdia e formado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pela UnC-Concórdia.




Seis anos sem uma Expo. Perdemos tempo

Concórdia não pode ficar tanto tempo sem realizar um evento dessa magnitude.
Adicionado em 14/09/2019 às 10:44:48

Seis anos sem realizar uma Expo. Foi muito tempo. Quantas oportunidades foram desperdiçadas, quantos negócios deixaram de ser concretizados e quantas parcerias e amizades deixaram de ser seladas. Ao chegarmos ao penúltimo dia de Expo, fica a sensação de que perdemos muito tempo. Uma exposição é cercada por uma série de variáveis. Não é apenas uma oportunidade de movimentar a economia. É um momento para rever amigos, confraternizar e mobilizar uma região inteira.

A Expo está sendo um sucesso e não poderia ser diferente. O público regional tem dado demonstrações inequívocas de que aprecia esse formato de evento. Que gosta dos shows, que quer ver novidades. É claro que o cenário econômico ainda não é dos mais favoráveis, mesmo assim, bons negócios estão sendo fechados. O resultado da Expo Concórdia não poderia ser outro. Estamos diante de um acontecimento, que recoloca Concórdia no cenário das grandes exposições.

A Expo, que está sendo finalizada, não foi perfeita, afinal, a cada evento surgem demandas. O que está ficando cada vez mais latente é de que é preciso repensar o local. O Parque de Exposições tem uma belíssima estrutura e uma localização privilegiada, mas está ficando pequeno para um evento com tanta grandiosidade. A prova disso é que alguns estandes foram improvados. O próximo desafio é pensar em um novo espaço.

Por fim, houve um grande esforço dos organizadores para fazer um evento inesquecível e essa meta foi atingida. A Expo, que está em curso, está sendo muito bem conduzida, com brilhantismo e sem maiores  contratempos. É uma Expo para trabalhar, mas também para curtir. Um evento para estabelecer contatos e prospectar negócios.



 





01 COMENTÁRIO - Deixe também o seu Comentário



Gege comentou em 15/09/2019 as 19:10:29
Concordo, Paulo. E digo mais. Grande parte deste sucesso, se deve à mudança de data.
Setembro é menos frio, e até com dias quentes. Isso faz uma grande diferença. É muito mais agradável e motivador, sair de casa com uma temperatura mais alta. Ninguém merece ir ao parque em julho, com temperaturas próximas de zero, ou com chuva.
Sempre defendi que o evento seja em outubro, porém, mesmo em setembro, é bem melhor que julho, em todos os sentidos, também por isso foi a maior feira de todos os tempos.




VEJA TAMBÉM

18

Mai
Paulo Gonçalves

O que precisamos é de mais leveza

Ainda estamos num ponto crítico de uma pandemia mundial. É um momento em que nossa carga emotiva está em altíssimo nível. A saudade de abraçar ou simplesmente estar próximos das pessoas que amamos e de nossos amigos começa a apertar mais. Não sabemos...

Leia mais

11

Mai
Paulo Gonçalves

Não ao negativismo

Quando nos deparamos com os números do Coronavírus, ficamos mais apreensivos e angustiados. As estatísticas nos assustam, pois estamos num momento em que os casos estão se acentuando.  É difícil tratar sobre o assunto e não citar os números....

Leia mais

04

Mai
Paulo Gonçalves

​Higienizar, esterilizar, desinfectar, sanitizar...

As quatro palavras citadas no título desse comentário nunca estiveram tão presentes no nosso dia a dia como agora, com o advento do Coronavírus.  Cada vez mais as empresas, os órgãos públicos e os cidadãos estão ampliando seus cuidados para...

Leia mais

27

Abr
Paulo Gonçalves

​Não subestime: O inimigo é invisível

Entramos numa fase crítica do Coronavírus (Covid-19). Notadamente, o número de casos vem aumentando significativamente da região.  Como se sabe, uma das características da Covid-19 é o alto poder de contágio desse vírus, por isso, todo cuidado é...

Leia mais

20

Abr
Paulo Gonçalves

​Precisamos aprender a conviver com o Coronavírus

Está comprovado que o Coronavírus está circulando pela região. Isso é fato. São 17 casos confirmados até agora no Alto Uruguai Catarinense.   O prefeito Rogério Pacheco fez uma consideração bastante apropriada em entrevista à Rádio Rural....

Leia mais