Rádio 96 FM

OPINIÃO

SIMONE VIEIRA



Jornalista
Formada em Comunicação Social - Radialismo (Unoesc/Joaçaba). Formada em Jornalismo (UnC/Concórdia). Pós-Graduada em Análise, Escritura e Reescritura Textual (URI/Erechim). Pós-graduada em Marketing e Vendas pela FACC. Formada em Direito pela FACC.




Compras do natal e os incômodos posteriores

Fique ligado em seus direitos e deveres enquanto consumidor
Adicionado em 18/12/2019 às 09:44:46

O comércio de Concórdia, na grande maioria dos associados a CDL, estão com horário estendido até ás 22h. Isso atrai muitas pessoas principalmente de outras cidades vizinhas. Porém, é necessário ficar ligado na hora das compras. 

Fique ligado, na sua bolsa, carteira, celular. Não deixe bolsas visíveis dentro de seu veículo. Mantenha seus pertences junto ao corpo quando parar para se alimentar em bares, lanchonetes, restaurante. Muitos furtos de oportunidade acontecem quando os clientes estão mais distraídos. 

Fique ligado na hora de passar no caixa, é comum acontecerem divergência de preço em relação ao que está na gôndola, na publicidade, nos aplicativos, nos encartes.

Fique ligado à data de validade dos produtos. Exija a Nota Fiscal ou Contrato de Adesão das compras que você fizer. 

Muitas trocas acontecem depois do natal, então, antes de comprar se informe qual a política de troca das lojas, qual o prazo permitido para fazer a troca, documentos a apresentar e dias da semana que podem ser feitas. 

E mesmo que o produto esteja na promoção, bens duráveis, como roupas, eletrodomésticos, material de decoração, tem garantia legal de 90 dias, quando o defeito for de fabricação e não de mau uso. 

Alerte as pessoas idosas. Não é raro, ver que empresas ainda se utilizam da vulnerabilidade de pessoas com visão diminuída, falta de conhecimento e vários outros fatores, para bater suas metas e empurrar serviços, seguros, dentre outros que vão fazer o valor e o número de parcelas, nas vendas a prazo, aumentarem e muitas vezes até dobrarem o valor da compra. 

Se prestarmos atenção em nossos direitos e deveres, as relações de consumo serão favoráveis para todos os envolvidos.  

Foto:  Pixabay






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

08

Abr
Simone Vieira

Valorize o comércio local e renegocie suas dívidas

Em tempos de pandemia a força de todos fará com que tornemos a convivência em sociedade mais benéfica. Isso inclui fazer o que precisa ser feito pensando na coletividade. Sempre acreditei que o bem que fizemos aos outros, assim como o mal, é...

Leia mais

01

Abr
Simone Vieira

As oportunidades que uma crise oferece

As crises são cíclicas e é nessas horas que conhecemos as empresas que possuem planejamento estratégico, das que não têm. Definir os cenários futuros de uma empresa evita navegar sem rumo no mercado. É fazer com que todos saibam a direção a ser...

Leia mais

25

Mar
Simone Vieira

O QUE TEMOS DE MAIS PRECIOSO?

Nestes tempos de confinamento, restrições, insegurança, notícias preocupantes, somos forçados a parar para valorizar coisas que muitas vezes não damos importância.  O aperto de mão, um abraço nos mais íntimos, a liberdade de ir e vir. Só quando...

Leia mais

11

Mar
Simone Vieira

Estabilidade da gestante e licença-maternidade

De acordo com o artigo 373-A, inciso II da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), negar vaga de emprego a uma mulher que descobre estar grávida nos exames admissionais é atitude discriminatória. A Lei 9.029/95 também lista como crime por prática...

Leia mais

26

Fev
Simone Vieira

Operações financeiras mais baratas

O Banco Central (BC) lançou o sistema de pagamento eletrônico Pix, que permitirá transações como transferências e pagamentos, incluindo de contas, em até dez segundos. Os bancos e instituições financeiras com mais de 500 mil clientes deverão se...

Leia mais