ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


SAÚDE

Bebê atendido pelo SAMU tem morte cerebral confirmada
Criança havia se engasgado com leite após a amamentação.


Por Ederson Vilas Boas
Em 07/08/2018 - 14h39 - Atualizada em 07/08/2018 - 16:46





Teve morte cerebral confirmada a criança de 34 dias que foi atendida pela equipe do SAMU de Concórdia na manhã da última quinta-feira(2). Por volta das 5h da manhã daquele dia, a guarnição foi deslocada até a Vila Jacob Biezus para o atendimento a uma criança que estava engasgada após ter sido amamentada. No local, os atendentes constataram que o bebê estava sem os sinais vitais devido ao tempo que estava sem respirar. 

Conforme o técnico em enfermagem, Anderson Correia, foram feitos vários procedimentos para que a criança voltasse a respirar. E de fato conseguiram, mas devido ao tempo que ficou sem oxigênio, teve graves sequelas e não resistiu, tendo morte cerebral confirmada.

Relembre o caso

Mais um caso de engasgamento com leite materno em recém nascido foi registrado em Concórdia. Na manhã desta quinta-feira, os atendentes do SAMU foram acionados, pela regulação, para atender uma ocorrência de engasgamento, de uma criança de 34 dias. A guarnição foi deslocada para a Vila Jacob Biezus onde encontraram a criança já em parada cardiorrespiratória devido a uma OVACE (Obstrução das Vias Aéreas por Corpo Estranho), com leite materno.

Conforme o técnico em enfermagem do SAMU, Anderson Correia que atendeu a ocorrência, o pai informou que, por volta das 5h, após a criança ser amamentada, “ela ficou roxa”. Segundo Anderson, em contato com o médico da regulação foram feitas as manobras de ressuscitação no trajeto até o Hospital São Francisco. “Fizemos as manobras necessárias, pois a criança esta sem sinais vitais. Durante o transporte, usamos por duas vezes o desfibrilador e a criança voltou a respirar, voltou a ter pulso. Na unidade hospitalar também a equipe médica continuou com o atendimento”, destacou. 

Como a criança ficou sem respirar por muito tempo, as próximas horas serão fundamentais para saber se não terá nenhum tipo de sequela.




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet