ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


CONCÓRDIA

Frei Luis Toigo vai deixar Concórdia no início de 2019
Religioso, que está há 11 anos em Concórdia, vai para Luzerna


Por Luan de Bortoli
Em 06/12/2018 - 07h59 - Atualizada em 07/12/2018 - 07:39


Foto: Arquivo / Luis Longhini

Um dos mais conhecidos e tradicionais religiosos de Concórdia, o Frei Luis Toigo está se preparando para deixar o município depois de 11 anos de atuação. O frei confirmou a informação ao jornalismo da emissora e disse que o novo destino deverá ser o município de Luzerna, distante cerca de 84 km de Concórdia. A mudança deve ocorrer no início do próximo ano.

Segundo o frei, há uma ordem dentro da Igreja Católica, que todo padre ou frei deve mudar de cidade depois de nove anos atuando lá. Toigo já está em Concórdia há 11. “É uma ordem do ministro geral de Roam, que todo frei que tivesse nove anos ou mais dentro de uma comunidade eles teriam que deixar e ir para outra comunidade. Como eu já tenho 11 anos aqui, então fui transferido, primeiramente, para Balneário Camboriú, mas por causa da mãe, que tá com problema de saúde, eles reconsideraram, então vou ficar em Luzerna”, explica.

A mudança ainda não tem data oficial, mas deve ocorrer até fevereiro do próximo ano.  “Provavelmente no começo de fevereiro, por aí. Até porque em janeiro tem os outros de férias, então até a metade de fevereiro”, diz. Com isso, dois novos freis devem vir a Concórdia. “Um já trabalhou aqui, o frei Luis Jacovaz, que é natural de Concórdia. O outro, parece que é o frei Domingos”, conta.

Para o frei, que tem uma grande ligação com Concórdia, é triste deixar o município, mas ele diz que seguirá a missão de levar a palavra de Deus. “Sem dúvida, para mim é muito difícil. Vou fazer o quê? É o caminho da gente, a gente fez o voto de peregrino e não de viver sempre no mesmo lugar. Vou continuar o trabalho lá, vou ver o que vai acontecer. Já tentei ficar mais perto por causa da mãe”, finaliza.

Natural de Jaborá, o frei Luis Toigo tem 61 anos de vida, completados na semana passada, dos quais atua na vida religiosa há 28. Ele está em Concórdia desde 2007, mas já atuou no município em outra época. Ele passou por Concórdia na década de 90, entre os anos de 1993 e 1996.



01 COMENTÁRIO - Deixe também o seu Comentário



João Da Lua comentou em 06/12/2018 as 15:20:05

é, então agora, de acordo com minha falecida avó, vai começar dar desastrs naturais em concordia!

uahuaha



© - Ideia Good - Soluções para Internet