Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Geral

Três pontos de Concórdia no alerta de estiagem da Epagri/Ciram

Em mais de três meses, choveu menos de 200 milímetros de chuva.

Por Luan de Bortoli
11/09/2019 às 06h30 | Atualizada em 11/09/2019 - 13h01


Com a sequência de dias com quantidade de chuva considerada abaixo do ideal para o município, Concórdia já figura há semanas no relatório diário da Epagri/Ciram para os pontos que apresentam preocupação para estiagem em Santa Catarina. Essa rotina se repte frequentemente e, no relatório desta terça-feira, dia 10, novamente três pontos da bacia do Jacutinga figuravam no alerta.

Os três locais apontados pelo relatório do órgão estadual eram os mesmo das vezes anteriores: Foz do Rio Claudino, na Rua Osvaldo Zandavalli, e Rua Vitório Celant, Centro de Concórdia, que apresentavam classificação de alerta, o segundo pior da classificação, e o montante da Barragem, em São Cristóvão, que estava na pior classificação, já de emergência, ou seja, com nível muito abaixo do normal.

Os últimos três meses estão sendo de volume de chuva muito abaixo do esperado. Em junho, por exemplo, choveu apenas 33 milímetros. Em julho, aumentou um pouco, mas ainda longe do ideal: 94 milímetros. Por fim, agosto fechou com 40 milímetros. Quanto ao mês de setembro, até agora, choveu apenas sete milímetros, conforme o acompanhamento da Embrapa Suínos e Ave. Em mais de três meses, choveu menos de 200 milímetros de chuva.

A situação é tão preocupante que nesta terça-feira, dia 10, a Companhia de águas e Saneamento (CASAN) enviou um comunicado pedindo que a população de Concórdia economize água ao máximo até que a situação de chuva se regularize. “O Rio Suruvi já mostra suas pedras, dificultando a captação de água para abastecimento”, diz trecho do comunicado. A recomendação é para evitar de se lavar casas, pátios e carros, entre outros. 





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM