Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Geral

​Morre Carlos Bomm ex-secretário do Governo Pacheco

Empresário mantinha uma empresa com a família no Parque de Exposições.

Por Ederson Vilas Boas
21/03/2020 às 16h59 | Atualizada em 22/03/2020 - 11h02


A Reportagem da Rádio Rural recebeu a informação correta dos médicos do Hospital São Francisco e adaprtou no texto sobre o atendimento ao empresário Carlos Bomm.

Faleceu neste sábado, aos 50 anos, Carlos Ernani Bomm. Carlão como era conhecido foi secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo no início do governo Rogério Pacheco em 2017. Segundo as informações, ele passou mal na manhã de sábado e foi ao Hospital São Francisco onde foi atendido por três médicos do corpo clínico. Segundo os profissionais, o empresário teve uma disecção de aorta e não resistiu.

Carlos Bomm ficou no cargo de secretário até 28 de novembro do mesmo ano, quando alegou problemas particulares para o afastamento. Na verdade, na época, o empresário deixou o cargo para se dedicar a família e a empresa, já que era sócio-proprietário da Cia da Capa, empresa situada no bairro Parque de Exposições. Na época ele citou ainda que necessitava ficar mais próximo a esposa e as quatro filhas, especialmente as trigêmeas que haviam nascido há pouco tempo.  

Carlos Bomm era Bacharel em Administração – Universidade Federal de Santa Maria/RS – UFSM e Pós Graduado em Administração Financeira, Contábil e Desenvolvimento Gerencial – Universidade do Contestado – UNC. Quando jovem chegou a integrar as equipes de voleibol, de base, da Ser Sadia. Depois disso, auxiliou os pais nas Casas Arend e, logo depois a Cia da Capa, onde ele estava como administrador até então.

Ele deixa a esposa Andréa Schuckes e quatro filhas.

Durante a tarde nas redes sociais amigos e funcionários prestavam homenagens ao empresário. A Associação Comercial e Industrial de Concórdia - ACIC fez uma nota de pesar pela passagem do conselheiro e associado da entidade.

Nota da ACIC

A Associação Empresarial de Concórdia (ACIC) lamenta profundamente a morte precoce do conselheiro da entidade, Carlos Ernani Bomm, 50 anos. Carlão, como era conhecido pela comunidade, foi um conselheiro atuante – um batalhador pelas questões afetas ao desenvolvimento econômico local. Participava ativamente das reuniões da ACIC e dos mais importantes eventos de nossa comunidade.

Como secretário de desenvolvimento econômico trabalhou com afinco em favor da classe empresarial, sempre com um diálogo franco e transparente. Defendeu com vigor uma estrutura mais robusta para a pasta que comandava e contribuiu para aproximar ainda mais a ACIC da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. 

Na condição de empreendedor, Carlos Ernani Bomm (proprietário da CIA da Capa), foi um empresário de destaque. Além de gerar empregos, ajudou a projetar o nome de Concórdia para diversas regiões do país. Deixou a esposa e quatro filhos menores. Um homem de família, que deixou um legado de trabalho, perseverança e seriedade.

A ACIC deseja força a todos os familiares e amigos. Diretores, Conselheiros, Associados e Colaboradores estão sensibilizados com essa grande perda.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM