Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Geral

Coronavírus: Doação de sangue, em Concórdia, deve ser feita por agendamento

Unidade de coleta não tem falta de sangue até o momento.

Por Luan de Bortoli
25/03/2020 às 06h30 | Atualizada em 25/03/2020 - 22h00


Em tempos de pandemia do coronavírus e de campanha de vacinação em todo o país, alguns serviços acabam sofrendo algumas consequências e necessitando de atenção e mudanças. Um destes casos é das unidades quee coletam sangue. Em Concórdia, apesar do bom nível, o Banco de sangue já está atento a isso.

Na manhã desta terça-feira, dia 24, a reportagem conversou com a responsável pelo espaço, Andrisa Schons. Conforme ela, o principal foco agora é orientar a população por conta do coronavírus. Quem tem sintomas, deve evitar o ato. E a pessoa que quiser doar deve agendar por telefone um horário.

"As recomendações continuam as básicas, de como doador de sangue. Qualquer sintoma gripal ou febre, que o doador não se dirija porque não será realizada a coleta, a triagem já separa. Neste momento, que a gente tá evitando aglobmerações,a gente tá pedindo para que o doador ligue 3441-4580 e agende. Vem só o doador, vai aguardar, a gente tá marcando um em cada horário".

Durante a vacinação da gripe, as pessoas também devem evitar doar sangue por um período pré-determinado, conforme recomendação das autoridades médicas. Andrisa também comenta que ainda não há problema no estoque de sangue do hospital, mas que os doadores não deixem de fazer o ato neste momento mais conturbardo.

"Quem fez a vacina da gripe fica inapto para doação, não pode doar por 30 dias, isso é ptrocolo. Então quem é doar, a gente recomenda que faça a doação e a vacinação depois. Nosso estoque está estável, a gente não tem falta de sangue. Mas é importante que o doador não pare de vir. A gente sempre precisa ter sangue disponível".





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM