Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Coronavírus

​Prefeitura mantém medidas de isolamento por mais sete dias

Pacheco disse não concordar com o pedido de Bolsonaro para todos voltarem à rotina

Por Luan de Bortoli
25/03/2020 às 06h31 | Atualizada em 26/03/2020 - 07h13


A Administração Municipal publicou nesta terça-feira, 24 de março, um novo decreto de nº 6.483, considerando a determinação do Governo Estadual (decreto nº 525), de estender por mais sete dias as medidas de enfrentamento do coronavírus. "A gente continua da mesma forma. Estamos tomando todas as providências para proteger o nosso cidadão", isse o prefeito Rogério Pacheco em entrevista à emissora.

O decreto deve manter a quarentena para as atividades do setor público e privado que não são considerados essenciais, além de manter a suspensão da rede municipal de ensino, transporte coletivo, eventos e reuniões de qualquer natureza, atendimentos presenciais, entre outras medidas para evitar a aglomeração de pessoas. 

"O cidadão tem que entender que o regramento deve continuar. A gente tem observado que algumas pessoas estão achando que voltou ao normal. Não voltou. Os cuidados de higienização, de ficar em casa. Tendo dúvidas, entre em contato com a central 24 do município, que vem orientando quem apresentar sintomas", comentou o prefeito.

A recomendação é que toda a população, tanto da área urbana quanto rural, permaneça em casa, evitando aglomerações e só saia em caso de extrema necessidade, como compra de alimentos e remédios. "As pessoas que estão dentro de serviço essencial, sendo convocada, têm que seguir esse regramento".

O prefeito também disse não concordar com o pedido do presidente Jair Bolsonaro de que todos devem voltar às suas rotinas normais. "Não quero polemizar essas manifestações. Mas nós entendemos que as decisões não podem ser políticas, devem ser técnicas. Não compartilho com essa questão de voltar à normalidade. Neste momento não existe esta possibilidade Agora, voltar ao normal, esse não é o melhor encaminhamento".

A Secretaria de Saúde também faz um apelo para que as pessoas evitem se deslocar até as Unidades de Saúde e, em caso de suspeita da doença, entre em contato com a Central de Atendimento, que possui quatro linhas funcionando 24 horas: (49) 98428 - 7068, (49) 98400 - 1155, (49) 98423 - 2469, (49) 98428 - 6189; e outras duas linhas com atendimento no horário das 7h às 17h: (49) 3442 - 2387 e (49) 3444 - 5189.

Fonte: Assessoria Prefeitura





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM