Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Concórdia

Apesar de chuva, estiagem em Concórdia ainda preocupa

Município decretou situação de emergência no último dia 16

Por Luan de Bortoli
01/04/2020 às 06h31 | Atualizada em 31/03/2020 - 08h27


O último domingo, 29, foi marcado pela presença da chuva, tão esperada nos últimos dias, mas o volume não foi significativo para encher reservatórios ou resolver o problema da estiagem que ocorre desde o início do ano em Concórdia e região. Por conta disso, a orientação é que a população economize água, utilizando-a de forma consciente, evitando lavar carros, calçadas, pátios, além de diminuir o tempo de banho e fechar a torneira enquanto escova os dentes e lava as mãos. São pequenas atitudes que, se todos adotarem, vão preservar este recurso essencial à vida.

A Administração Municipal vem tomando medidas para minimizar os efeitos da seca e conta, pela primeira vez, com dois decretos de emergência vigentes, tanto para prevenção do coronavírus, quanto da estiagem, que foi formalizado no último dia 16. A Secretaria de Gestão Urbana, em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário, transportam diariamente, cerca de 240 mil litros de água, para aproximadamente 100 famílias de comunidades do interior do município

. As solicitações de água passam por uma triagem e coleta de dados para classificação de prioridade: 1ª prioridade - atendimento a residências onde ocorrer falta de água para consumo humano; 2ª prioridade - atendimento aos órgãos públicos e privados que prestam serviços essenciais; 3ª prioridade - atendimento aos produtores rurais, indústrias e comércio. 

As perdas na agricultura também preocupam. A Epagri emitiu um laudo de que a produção leiteira teve redução média de 10%, sendo que produtores menos estruturados, as perdas representam até 20%. Também houve queda na qualidade da silagem, pois o milho sofreu justamente no período da formação de grãos e espigas, que representa até 60% do peso do silo. 

A Defesa Civil alerta que até o final de maio, persiste a condição de estiagem hidrológica, isto é, a chuva que poderá ocorrer, não será suficiente para normalizar os reservatórios. Por isso, é fundamental a colaboração de todos na economia de água, para não afetar o abastecimento também no perímetro urbano de Concórdia.

Fonte: Assessoria Prefeitura





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM