Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Agricultura

Falta de ordenha pode prejudicar saúde de bovinos

Gerente da Copérdia fala que ciclone prejudicou produtores de leite da região.

Por Ederson Vilas Boas
03/07/2020 às 08h06 | Atualizada em 03/07/2020 - 08h55

O ciclone extratropical que atingiu a região de Concórdia nesta semana, ainda tem os prejuízos ativos em várias comunidades do município. Na manhã desta quinta-feira (2), moradores de localidades como Três de Outubro, Barra Bonita, Planalto, Linha Tateto, agricultores de Arabutã, Jaborá, mandaram mensagens para o programa Visão Geral, afirmando que estavam com problemas de abastecimento de energia. A maioria dos ouvintes que fizeram a reclamação eram produtores de Leite, aves e suínos.
 
A falta de energia acarretou em situações como a impossibilidade da ordenha. O coordenador da área de Bovinocultura, Flávio Durante, explica que os animais terão problemas de saúde com a impossibilidade de ordenhar os mesmos. "As vacas em lactação precisam, no mínimo, ser ordenhadas a cada 12 horas. A falta de ordenha gera um desconforto dos animais e afetar as glândulas mamárias", destaca.

Durante argumenta que houve muito descarte de leite em proprieedades onde não foi possível o acesso dos veículos para o transporte e onde os produtores não tiveram como fazer o resfriamento do produto. Flávio Durante, afirma que a diminuição de leite no mercado pode ocasionar um aumento do produto ao consumidor. "Nesse momento existe uma disponibilidade de leite muito menor, o que faz com que o preço ao produtor suba e haja um aumento aos derivados lácteos para o consumidor, nos mercados", comenta.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM