Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Economia

Geração de emprego: vivendo retomada, Concórdia tem 2º melhor julho em sete anos

Construção foi o setor com melhor resultado, enquanto que Serviços teve o pior.

Por Luan de Bortoli
25/08/2020 às 06h19 | Atualizada em 26/08/2020 - 06h46


Concórdia segue mantendo números positivos na geração de emprego, mesmo em meio a uma das grandes crises na economia. A pandemia prejudicou a criação de vagas, mas Concórdia, depois de um período negativo, vem fechando com saldos positivos, como em julho. O resultado do sétimo mês do ano foi de 119 vagas de emprego formal criadas no município.

Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados na última semana pelo Ministério da Economia, e são a diferença de 1.068 contratações e 949 desligamentos – que são demissões ou mudança de cidade. Este é o segundo melhor resultado para um mês de julho em sete anos, perdendo apenas para 2019.

No retrospecto, anos como 2017 e 2018, de recuperação econômica, ficaram bem abaixo do que julho de 2020, que vive o auge de uma crise. Já na comparação com a década, o sétimo mês deste ano ficou entre os cinco melhores do período. 2012 foi o que teve a melhor geração de empregos, enquanto que 2018 fechou com a pior, -173 vagas.

Sobre os setores, o que apresentou melhor resultado em julho, em Concórdia, foi de Construção, que fechou com saldo positivo de 88 vagas. Já o setor de serviços teve o pior resultado, com saldo negativo de -10. No acumulado do ano, Concórdia tem saldo positivo de 452 vagas criadas em sete meses, número bem inferior ao mesmo período do ano passado, que foi de 1.356.

Em Santa Catarina, o saldo foi de 10.044 novas vagas de emprego. O resultado é o melhor em 16 anos, desde que iniciou a série histórica, que analisa dados desde 2004. No Brasil, houve a abertura de 131.010 empregos com carteira assinada em julho, primeiro resultado positivo desde março. É também o melhor julho desde 2012.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM