Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Geral

Prazo para pedido de isenção do IPTU de Concórdia já começou

Percentual de reajuste deve ficar entre 2 e 3%, conforme secretário.

Por Luan de Bortoli
15/10/2020 às 06h13 | Atualizada em 15/10/2020 - 12h42


Diversos segmentos da sociedade de Concórdia têm direito ao pedido de isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU, dos imóveis que estão em seus nomes. E este período para a solicitação começou ainda no dia 1º de outubro e se estende até o dia 20 de dezembro. Isso é determinado pela Lei Municipal 4.316, de julho de 2011.

Para terem o benefício, os interessados devem fazer um requerimento à Prefeitura de Concórdia, conforme explica o secretário de finanças, Enori Bolsi. “Só chegar no primeiro piso [da prefeitura], na tributação, e encaminhar os papéis. Seriam isentos os idosos e pensionistas, que ganham até dois salários mínimos, entidades sem fins lucrativos, e entrou no ano passado quem tem câncer maligno. Documentos pessoais, e no caso do aposentado, tem que trazer o comprovante da aposentadoria”.

O secretário lembra que é importante que as pessoas fiquem atentas ao prazo,  pois não serão abertas exceções. “Praticamente todos os anos têm os atrasados. Mas eles têm que ficar muito atento porque é até o dia 20 de dezembro. Tem gente que chega depois, não tem direito e cria problema. Principalmente as sociedades, que trocam de diretoria”.

Cerca de três a quatro mil pessoas estão aptas a pedirem a isenção do imposto em Concórdia, conforme o secretário. Ele lembra ainda que o percentual de reajuste do IPTU para o próximo ano ainda não foi definido, mas, como ele é baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor, deve girar em torno de 2 a 3%. O valor deverá ser informado nas próximas semanas.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM