Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Agropecuária

​Preço do quilo do suíno aumenta 20 centavos, confirma Cooper Central Aurora

Item teve aumento de um real em três meses.

Por Luan de Bortoli
15/10/2020 às 12h05 | Atualizada em 16/10/2020 - 07h27


Completando três meses de aumentos consecutivos, o preço do quilo do suíno vivo pago ao produtor teve um novo reajuste. Nesta semana, a Cooper Central Aurora confirmou uma alta de 20 centavos, conforme informou a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS). Agora, conforme a entidade, o preço pago aos suinocultores é de R$ 5,20

São nove altas seguidas, algo praticamente inédito no histórico recente do setor suinícola. O primeiro aumento dessa sequência ocorreu em 14 de julho, quando o valor saiu de R$ 4,20 para R$ 4,30. Depois disso, no total, até esta semana, foram nove aumentos chegando um real de reajuste por quilo em três meses. É uma das melhores fases por que passa o setor nos últimos anos.

O bom momento também ocorre também no mercado independente. A bolsa de suínos chegou a um valor de R$ 8,12 nos últimos dias. Desde julho, no período de três meses, a alta foi de três reais, conforme os dados da ACCS, um preço considerado histórico, assim como no mercado integrado.

No entanto, apesar das altas no preço, a ACCS também se mostra preocupada com o custo de produção, que tem aumentado bastante. No valor final de agosto, houve uma forte elevação, superior a 6% em relação ao mês anterior, e novo recorde nominal do índice. De forma geral, conforme análise da entidade, o mercado de suínos no país está bastante promissor.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM