Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Economia

Itá supera Seara e Concórdia nas exportações

Em Concórdia as exportações caíram 48,8% na comparação dos nove primeiros meses de 2019 e 2020.

Por Marcos Feijó
27/10/2020 às 12h51 | Atualizada em 27/10/2020 - 13h02


As vendas ao exterior por Seara tiveram aumento de 23,3% de janeiro a setembro de 2020 na comparação com o mesmo período do ano passado. Os números foram divulgados pelo Ministério da Economia. Em 2019 o município, representado pela JBS/Seara Alimentos, movimentou o equivalente a US$ 65,96 milhões nos nove primeiros meses do ano. Já este ano os negócios chegaram a US$ 84,12 milhões. Entre os municípios exportadores de Santa Catarina, Seara ocupa a 16ª colocação. No ranking nacional aparece na 305ª posição.

Em 2020 a carne suína lidera as vendas ao exterior pela unidade local da Seara Alimentos, com 76% do total movimentado. Em seguida aparece a exportação de aves e miudezas, com 11% cada. De acordo com o Ministério da Economia, os principais destinos dos produtos searaenses neste ano são Chile (37%), Cingapura (13%), Vietnã (12%) e Japão (11%). No ano passado a situação era semelhante, com Chile (31%), Japão (18%), Iraque (13%) e Vietnã (5,9%).

As importações também aumentaram, mesmo que discretamente. A compra de produtos de outros países cresceu 3,4% no período. Os principais produtos adquiridos são tripas de animais (46%) e reagentes de diagnósticos ou de laboratório (25%). Holanda (78%), EUA (5,2%), Espanha (5,2%) e Alemanha (5,1%) são os principais fornecedores desses insumos.

Já Itá, que tem como principal exportadora a Gelnex, teve incremento de 42,6% nas exportações, passando de US$ 73,38 milhões nos primeiros nove meses de 2019 para US$ 106,72 milhões no mesmo período deste ano. As importações também aumentaram, mas apenas 5,3%.

A exportação itaense representa 1,4% do volume vendido por Santa Catarina. Entre os municípios catarinenses que exportam, Itá ocupa a 9ª posição, passando, inclusive, Seara. No ranking brasileiro, está no 252º lugar. O produto que lidera as vendas externas itaenses é a gelatina, com 91% do total. Os principais destinos são Estados Unidos (33%), Holanda (27%), Rússia (9,3%) e Argentina (7%).

Região

Em Concórdia as exportações caíram 48,8% na comparação dos nove primeiros meses de 2019 e 2020. Entre os municípios catarinenses que exportam, a cidade está na 84ª posição e no ranking brasileiro em 1.042º lugar.

Santa Catarina
Santa Catarina apresentou uma queda nas vendas externas num total de 10,4% este ano, se comparado aos primeiros nove meses de 2019. No acumulado do período em 2020, o Estado movimentou o equivalente a US$ 6,1 bilhões, enquanto o valor de importações somou US$ 10,8 bilhões. Entre os principais produtos exportados, a carne de aves representa 16% e a carne suína, 13% do montante. Santa Catarina ocupa a nona posição no ranking nacional de exportações.
Folhasete

Fonte: FOLHA SETE/TATIANE GIOMBELLI





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM