Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Coronavírus

HSF segue sem internações na UTI covid, conforme boletim

Prefeitura informou que não foram feitos testes nesta quarta por ser dia do servidor.

Por Luan de Bortoli
28/10/2020 às 18h21 | Atualizada em 29/10/2020 - 11h09


O Hospital São Francisco não teve alteração no número de internados nesta quarta-feira, dia 28, conforme o boletim do coronavírus, divulgado pela unidade. Seguem cinco pessoas na ala da covid-19, sendo que na Unidade de Terapia Intensiva não há pacientes. São 398 altas no total, conforme o hospital.

Concórdia

A administração municipal de Concórdia informou que, por ser dia do servidor, não houve testagem nesta quarta-feira. Por isso, disse que os números do coronavírus não sofreram alterações. Os dados deverão ser atualizados com novos números nesta quinta-feira, dia 29.

Santa Catarina

Há, em Santa Catarina, 252.551 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus. Desses, 237.563 são considerados recuperados e 11.920 continuam em acompanhamento. A doença respiratória causou 3.068 óbitos no estado desde o início da pandemia. Com isso, a taxa de letalidade é de 1,21%. Foram 2652 casos e nove mortes em 24 horas.

As 295 cidades catarinenses já têm registro de casos confirmados, e 232 registraram ao menos um óbito. A cidade com a maior quantidade de confirmações de infecção pelo novo coronavírus é Joinville, com 24.253 casos. Em seguida, estão Florianópolis (19.375), Blumenau (13.698), São José (11.706), Itajaí (8.689), Palhoça (8.186), Balneário Camboriú (7.955), Criciúma (7.871), Chapecó (7.661) e Brusque (6.157).

Dos 1.473 leitos de UTI existentes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina, há 896 ocupados, sendo 214 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A ocupação é de 60,8% e há 577 leitos livres atualmente.

Brasil

No Brasil, foram registrados 28.629 casos nas últimas 24 horas, além de 510 mortes no mesmo período. Com isso, no total, o país conta com 5.468.270 casos acumulados e 158.456 óbitos por conta da doença, conforme o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). No Brasil, já são mais de 4,9 milhões de recuperados.






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM