Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Geral

2020 fecha como o mais seco em quase duas décadas em Concórdia

Ano também foi um dos mais quentes na série histórica.

Por Luan de Bortoli
14/01/2021 às 06h15 | Atualizada em 14/01/2021 - 16h25


Ano marcado por uma das mais intensas secas das últimas décadas, 2020 chegou ao fim confirmando este quadro de estiagem intenso, que atingiu especialmente o Oeste. Conforme levantamento realizado pela reportagem da emissora, com base nos dados da Embrapa Suínos e Aves, Concórdia fechou 2020 com uma média de 122 milímetros de chuva, abaixo do esperado.

Conforme o que a pesquisa apontou, o ano que acabou é o mais seco desde 2006, ou seja, em 15 anos. Desde o início das medições climatológicas feitas pela Embrapa, em 1987, este foi o oitavo ano mais seco, conforme o levantamento. Neste período, o ano mais seco foi 1988, com 103 milímetros de média. Antes de 2020, o outro ano menos chuvoso foi 2005.

Ainda de acordo com os dados, em 2020 Concórdia também ficou bem abaixo do esperado em relação ao nível de chuva para o período. A média esperada era de cerca de 160 milímetros, acima dos 122 registrados. Dentro do ano de 2020, o mês de outubro foi o menos chuvoso, com apenas 14 milímetros de chuva. Março, abril e setembro completaram os quatro meses mais secos do ano, nem chegando a 100 milímetros.

O levantamento da emissora levou em conta ainda as informações da temperatura. Conforme os dados apurados, o ano de 2020 fechou com o segundo mais quente desde 1987, ou seja, em 33 anos. A média máxima do último ano ficou em 26,5ºC, atrás apenas do ano de 2019, que ficou com média de apenas um décimo a mais, 26,6ºC.

Esse quadro todo de instabilidade na precipitação pluviométrica e de temperaturas mais altas do que o normal é reflexo da forte atuação do fenômeno La Niña, que está atuando há quase dois anos. Conforme o engenheiro agrônomo Ronaldo Coutinho do Prado, o fenômeno deve agir ainda no primeiro semestre deste ano, o que indica rápidos períodos de estiagem em 2021.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM