OPINIÃO


LUCAS VILLIGER




​Congresso: o freezer do Brasil


As reformas que o país precisa para poder crescer estão paradas no Legislativo.

Adicionado em 23/06/2022 às 09:09:03

A população brasileira está apreensiva e preocupada com o rumo das eleições de 2022. Porém, seja A ou B que vença nos poderes executivos, se continuar o mesmo sistema movendo o Estado brasileiro, não haverá mudança, não haverá crescimento. As reformas essenciais precisam andar (e rápido).

Um levantamento feito pelo Instituto Millenium mostrou algumas das reformas necessárias que o Brasil precisa (faz tempo) para ganhar um fôlego e começar a crescer. Essas reformas não conseguem andar no Congresso, sendo assim, impossível avançar em questões chaves para o desenvolvimento do Brasil, como também aliviar o bolso do brasileiro, que arca com uma das maiores cargas tributárias do mundo. 

A Reforma Administrativa se encontra parada há mais de 260 dias. Essa é uma reforma essencial para destravar algumas questões burocráticas do nosso sistema, como também rever os cargos e salários dos servidores e funcionários públicos. Já detalhei essa questão em outro artigo que você pode ler clicando aqui

A mais necessária de todas, a Reforma Tributária, está parada há mais de 400 DIAS. Isso mesmo que você leu, enquanto isso o brasileiro já pagou mais de um trilhão de reais em impostos só neste ano. Aliás, já escrevi também uma coluna detalhando como funciona a gigantesca carga tributária brasileira, você pode ler esse texto também clicando aqui

Por fim, a proposta do Fim do Foro Privilegiado permanece parada há mais de 1.300 DIAS (isso mesmo, já chegamos aos quatro dígitos). Segundo o jornal O Globo, no Brasil, há mais de 45 MIL pessoas com Foro Privilegiado. Em termos de comparação, nos Estados Unidos, nem o presidente Joe Biden tem Foro Privilegiado, ou seja, nenhuma pessoa recebe esse privilégio. 

Na Inglaterra, uma monarquia, segue a mesma linha do país norte-americano, ou seja, ninguém tem o Foro Privilegiado. Na Suécia e na Alemanha só uma pessoa recebe esse privilégio (o rei e o presidente, respectivamente). Até na China comunista há um número bem menor de indivíduos que possuem Foro Privilegiado, sendo quase três mil pessoas. 

Tudo isso, que poderia ajudar o povo brasileiro, está congelado no Congresso Nacional. Porém, não se preocupe, esses assuntos estão travados, mas nossos congressistas estão trabalhando arduamente em questões mais importantes. Em somente sete dias eles aprovaram o Título de Cidadão Honorário para o piloto de Fórmula 1 britânico Lewis Hamilton (contém ironia).




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR





VEJA TAMBÉM