Rádio 96 FM

OPINIÃO

MARCOS FEIJÓ



Radiojornalista
Marcos Roberto Andriatta Feijó, 50 anos de idade - Natural: Porto Alegre. Radiojornalista (curso superior sequencial/UNC Concórdia) 32 anos de profissão. Narrador esportivo




Aconteceu com eles(as) também!

E não está estancado, ainda.
Adicionado em 01/06/2021 às 14:01:45




Quase 2 mil profissionais da saúde perderam a vida no Brasil vítimas da Covid. Médicos(as) são quase 1.000. A outra metade é de enfermeiros(as) e auxiliares de enfermagem. E ainda somemos milhares de profissionais da saúde que ficaram doentes e com trauma psicológico pela pandemia.

E entrando mais na lida da enfermagem, penso no esgotamento destas pessoas. E a maioria trabalha calado. Ouve e vê de tudo, mas trabalha sem parar. Um e outro deu o seu pitaco e isso também é pertinente. Se tem tanto “qualquer um” falando como se entendido de tudo fosse, os profissionais da saúde da lida, de ir a campo, também merecem ser ouvidos.

E que os cursos de medicina e enfermagem se adéquem cada vez mais para preparar suas turmas para o trivial e também para os mistérios e tragédias da existência.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

20

Jul
Marcos Feijó

Fato raro!

Governador Carlos Moisés em Concórdia é fato raro. Claro, passou por dois fortes processos, foi afastado, mas, mesmo assim, esta cidade é uma das mais importantes do Estado. Enfim, agenda marcada e que a sociedade(força política) aproveite com...

Leia mais

13

Jul
Marcos Feijó

​NA MIRA OU PELA CULATRA?

Não entrarei no mérito se é ruim ou bom, se tá certo ou errado, e também não explicitarei a minha opinião, mas como é importante para tudo na vida: fazer só se estiver bem instruído, bem preparado. Escrevo sobre a aquisição de arma de fogo. É...

Leia mais

05

Jul
Marcos Feijó

Pensa em algo intensivo

Já tremíamos quando o assunto era passar para a terceira série fundamental. Passar, então, da quarta para quinta, quando havia a migração da escola municipal para a estadual, era tenso quase de morte. Falo especificamente do estudo na grande Porto...

Leia mais

28

Jun
Marcos Feijó

Não é justo!

Uma coisa que me deixa muito chateado é ver e ouvir jogador/celebridade/milionário reclamar de tempo ruim, de gramado ruim. Fácil não é, mas é melhor se calar em respeito aos braçais e demais trabalhadores que têm percalços seguidos e ganham pouco....

Leia mais

22

Jun
Marcos Feijó

JOGAR OU ESTUDAR?

Qual é o limite do tempo, da paciência, para você apostar quase tudo numa possível carreira esportiva do filho(a)? Saíram grandes atletas, outros promissores não foram selecionados/identificados em Concórdia e região. Temos árbitros(as) de renome...

Leia mais