OPINIÃO


PAULO GONÇALVES


Jornalista
Paulo Sérgio Gonçalves, radialista e jornalista. Formado em Letras Português/Inglês pela Unoesc/Joaçaba, Pós-graduado em Comunicação, Informação e Cultura pela UnC-Concórdia e formado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pela UnC-Concórdia.





Fazer o que os outros não fizeram: O desafio do próximo governador


Governadores que passaram não conseguiram implantar um plano eficaz de infraestrutura.

Adicionado em 22/08/2022 às 15:17:10

Não há dúvidas de que a Infraestrutura será o tema predominante na campanha eleitoral que está em curso, principalmente, no que diz respeito ao Oeste de Santa Catarina.

Rodovias mal conservadas têm sido uma tônica na região - um problema que se verificou em praticamente todos os governos que passaram.

Como pode um estado tão pujante, tão forte economicamente, não dar a atenção devida às rodovias? Um estado que exporta produtos para o mundo e que, em muitos casos, mantém indicadores de países de primeiro mundo, não consegue nem mesmo estabelecer um modelo eficaz de manutenção de sua malha viária.

É preciso que o próximo governador mude de uma vez por todas essa realidade. É claro que, para isso, é preciso grandes investimentos. Mas o que se percebe nos governos que passaram e neste que está em andamento é que não existe um plano ou cronograma especificamente voltado às rodovias. O que se percebe é que os governos deixam para fazer as manutenções quando o estágio de precariedade das vias já demasiadamente avançado. 

Por vezes, é preciso espernear para se conquistar algo, principalmente no Oeste. Não deveria ser assim. Os governos deveriam ter o mínimo de organização e bom senso e evitar que o nível de precarização chegasse a patamares tão absurdos. Esse é um enorme desafio para o próximo governador, ou seja, fazer o que os outros não fizeram ou fizeram de forma paliativa para usar um tom mais brando.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR





VEJA TAMBÉM