OPINIÃO


PAULO GONÇALVES


Jornalista
Paulo Sérgio Gonçalves, radialista e jornalista. Formado em Letras Português/Inglês pela Unoesc/Joaçaba, Pós-graduado em Comunicação, Informação e Cultura pela UnC-Concórdia e formado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pela UnC-Concórdia.





Sopelsa quer deixar um legado


Governador interino pretende agilizar obras na 283 e no acesso à Sede Brum.

Adicionado em 12/09/2022 às 11:18:25

O governador interino, Moacir Sopelsa, que esteve em Concórdia na sexta-feira, dia 09, quer deixar um legado para a região, apesar da rápida passagem que terá como governador de Santa Catarina.

A ideia do concordiense é acelerar os processos licitatórios de todos os trechos na SC-283 (entre Concórdia e Chapecó). A obra de revitalização do trecho (Concórdia/Arabutã) está prestes a começar.

Sopelsa deixou claro que quer mais para a região e firmou o seu compromisso de buscar a celeridade nos demais processos. Se isso ocorrer, a região tende a ganhar e muito.

Sobre a SC-283, o Governo já garantiu os recursos. O que precisa acontecer (e Sopelsa terá um papel decisivo) é buscar destravar as licitações e agilizar a execução dessas obras. 

Ainda na sexta-feira, o governador interino disse que pretende lutar para que, até o final desse Governo,  sejam liberados os recursos para a pavimentação do acesso ao Parque de Preservação Fritz Plaumann, em Sede Brum.

Há boas perspectivas de que a região receba importantes obras. É claro que também há questões burocráticas que podem atrapalhar. Sopelsa (como governador) terá que ter um olhar mais amplo para o estado, mas não há dúvidas de que o atual governador conhece muito bem os anseios do Oeste e estará sensível ao atendimento às demandas regionais.



01 COMENTÁRIO
Deixe também o seu Comentário




Rodrigo Stain comentou em 12/09/2022 as 16:06:49
"Sopelsa (como governador) terá que ter um olhar mais amplo para o estado" nada disso. fixa o olhar aqui no Oeste Sr. Governador Sopelsa, o outro que estava ai até esses dias, só fixou olhar pros lado do litoral, deu de fazer coisas lá por enquanto, vamos focar aqui no Oeste e melhorar aqui também. Lembrando que o estado não é feito só de litoral, não é só lá que precisa infraestrutura. Aqui no Oeste também gostamos das coisas arrumadinhas. Tomarás que consiga deixar um legado, merecemos.




VEJA TAMBÉM