OPINIÃO


PAULO GONÇALVES


Jornalista
Paulo Sérgio Gonçalves, radialista e jornalista. Formado em Letras Português/Inglês pela Unoesc/Joaçaba, Pós-graduado em Comunicação, Informação e Cultura pela UnC-Concórdia e formado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pela UnC-Concórdia.





Uma disputa acirrada para a presidência


Em Santa Catarina, Jorginho venceu com folga.

Adicionado em 31/10/2022 às 11:47:49

Chegou ao fim mais uma eleição no país. Uma disputa acirrada e histórica entre Bolsonaro e Lula. Ao final, uma diferença muito pequena em favor do petista.

A vitória lulista não atende às expectativas da grande maioria dos catarinenses e concordienses que, através das urnas, demonstrou a preferência por Jair Bolsonaro.  Neste contexto, a maioria dos eleitores do Sul do país, também manifestou a preferência pelo projeto bolsonarista.

Todavia, o Brasil é um país composto por cinco regiões. Cada uma com a sua cultura, as suas peculiaridades e as suas necessidades. E, neste contexto, Lula foi o vencedor, mesmo que por uma pequena margem de votos. 

Em Santa Catarina, o senador Jorginho Mello venceu com folga, como já se esperava. O próprio Jorginho (em entrevista) pontuou que a vitória para governador ficou incompleta. É evidente que o governador eleito apostava muito na vitória de Jair Bolsonaro. 

O governador  terá a missão de buscar o equilíbrio de desenvolvimento em todas as regiões, pondo fim ao descaso para com o Oeste. Jorginho é da região e reúne as condições para fazer um bom governo, mesmo pertencendo a um partido que fará oposição ao presidente eleito. Que o novo governador, que construiu sua trajetória política em Herval D'Oeste, tenha um olhar diferente para a nossa região.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR





VEJA TAMBÉM