OPINIÃO


SIMONE VIEIRA


Jornalista
Formada em Comunicação Social - Radialismo (Unoesc/Joaçaba). Formada em Jornalismo (UnC/Concórdia). Pós-Graduada em Análise, Escritura e Reescritura Textual (URI/Erechim). Pós-graduada em Marketing e Vendas pela FACC. Formada em Direito pela FACC.





​Câncer: o diagnóstico devastador


Campanha lembra a importância de se cuidar e realizar os exames preventivos

Adicionado em 14/10/2022 às 08:52:58

A condição biológica da mulher favorece para que ela seja uma cuidadora, protetora, fonte de amor incondicional ao próximo. O seio que alimenta, que fornece o primeiro e mais precioso alimento/medicamento para seus descendentes é um dos diferenciais do gênero. Quando se vê diante de um diagnóstico de câncer, a retirada de parte, uma ou ambas as mamas, é conforme relatos de muitas pacientes que já entrevistamos, um dos momentos mais dolorosos da doença. 

O câncer humilha, faz vulnerável o ser humano em todas as instâncias e o coloca diante da brevidade da  existência. Nos compadece mais ainda, aquelas histórias onde na solidão, sem amparo ou coragem para compartilhar da doença, aquelas que já choraram por muitas vezes em nome da família, chegam tarde demais para buscar ajuda. 

Mulher, não só em Outubro, cuide de sua saúde. Você que sempre cuidou de todos, merece fechar os olhos do corpo, para enxergar com os olhos da alma. Às vezes todos as dores psíquicas, os seus medos, culpas, frustrações podem desencadear males ao corpo físico.

Acesse as redes sociais da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Concórdia ou de sua cidade e conheça a programação desse mês. Acompanhe também a matéria especial, com uma paciente que está enfrentando o câncer e que aceitou compartilhar sua história para encorajar outras mulheres e que vamos publicar neste sábado. 


Foto de Michelle Leman: https://www.pexels.com/pt-br/foto/anonimo-mama-peito-seio-6798910/



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR





VEJA TAMBÉM