OPINIÃO


SIMONE VIEIRA


Jornalista
Formada em Comunicação Social - Radialismo (Unoesc/Joaçaba). Formada em Jornalismo (UnC/Concórdia). Pós-Graduada em Análise, Escritura e Reescritura Textual (URI/Erechim). Pós-graduada em Marketing e Vendas pela FACC. Formada em Direito pela FACC.





Doe seu tempo para ajudar ao próximo


CVV precisa de novos voluntários

Adicionado em 02/11/2022 às 10:41:34

O Centro de Valorização da Vida realiza um trabalho muito importante em todo o Brasil, 24 horas por dia. Fundado em São Paulo, em 1962, é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal, desde 1973. Presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção ao suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo e anonimato.

A instituição possui uma linha gratuita nacional de prevenção ao suicídio. A linha 188 começou a funcionar no Rio Grande do Sul e, em setembro de 2017, iniciou sua expansão para todo o Brasil, que foi concluída em 30/06/2018, com a integração de todos os estados.

Os contatos com o CVV são feitos pelos telefones 188 (24 horas e sem custo de ligação), pessoalmente (nos mais de 120 postos de atendimento) ou pelo site www.cvv.org.br, por chat e e-mail. Nestes canais, são realizados mais de 3 milhões de atendimentos anuais, por aproximadamente 4.000 voluntários, localizados em 24 estados mais o Distrito Federal.

O voluntário do CVV doa seu tempo e sua atenção para quem deseja conversar de forma anônima, sigilosa e sem julgamentos ou críticas, além de promover ações de autoconhecimento. Se você tem mais de 18 anos de idade e vontade de ajudar pessoas, pode ser voluntário do CVV. Para isto, precisa participar de um curso de capacitação e seleção em ambiente presencial ou virtual.

Muitas vezes as pessoas se sentem sozinhas, incompreendidas, ansiosas, deprimidas e não tem alguém de confiança com quem possam compartilhar seu sofrimento. O Apoio Emocional é um ato de amor. Se você ligar no 188 de Concórdia, por exemplo, sua ligação pode cair em qualquer lugar do Brasil. 

E esse trabalho necessita cada vez mais de voluntários, a escuta passiva ajuda muitas pessoas a aliviar sua carga emocional, seu sofrimento. Em Concórdia, conforme a voluntária Rosane Balsan e  Dr. Paulo Manfré que fazem parte do CVV Local, em participação em nosso programa Papo@ na Rádio 96, afirmam que a instituição  precisa cada vez  de voluntários. 

Você que sente à vontade em seu coração de ajudar quem precisa, doar uma das coisas mais preciosas de sua vida - seu tempo, para ajudar outras pessoas, pode esclarecer suas dúvidas e realizar a preparação necessária. Os interessados podem entrar em contato pelo (49) 99176-6169. 

Foto: Imagem de Sabine van Erp por Pixabay 



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR





VEJA TAMBÉM