NOTÍCIAS



Polícia

Tentativa de homicídio em Seara, com arma branca


Também, ocorrência de agressão em Itá.

Por Marcos Feijó
18/08/2019 às 08h07
Compartilhar

Duas ocorrências com certa gravidade foram atendidas pelos Bombeiros Militares de Seara na madrugada deste domingo, dia 18.
A primeira foi uma tentativa de homicídio, por volta da 1h30. Conforme os Bombeiros o fato foi na rua B, no bairro Vila Esperança, em Seara. A guarnição de serviço foi acionada pela Polícia Militar para atender a ocorrência. Chegado ao local foi atendido o homem de iniciais, A. M., que estava consciente e orientado, sentado dentro de sua residência. Ainda segundo os bombeiros a vítima apresentava hemorragia e perda de sangue com perfurações, ocasionadas por possível arma branca, na região superior direita do tórax, no braço e no antebraço esquerdo.

A vítima também possuía sinais de embriaguez, um edema na região frontal do crânio, por instrumento contundente, e possível choque hemorrágico, bem como, tremedeira e outras complicações. Os bombeiros realizaram os atendimentos pré-hospitalares, a contenção da hemorragia, avaliação física da lesões, ofertado oxigênio e aferidos os sinais vitais e conduziram a vítima ao Hospital São Roque de Seara para demais procedimentos médicos.

A Polícia Militar de Seara esteve no local para apurar as causas do fato a tentar identificar e localizar os autores.

Agressão em Itá

Bombeiros de Seara também atenderam uma ocorrência de agressão e violência doméstica. Fato por volta das 04h28, na SC 155, em Passo do Uvá, interior de Itá.

Segundo informações, a guarnição foi acionada para atender a vítima, uma mulher maior de idade, que estava consciente e orientada, encontrada em pé ao lado de via pública. Contou ter sido agredida por sua companheira com golpes na região da cabeça.

A vítima apresentava lesões na face, embora sem suspeita de fraturas ou maior gravidade. Possuía também sinais de embriaguez. Ela foi atendida no local e conduzida ao hospital da cidade de Itá.

A Polícia Militar também esteve no local apurando as causas do desentendimento.




Fonte: Bombeiros/Belos FM




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM