NOTÍCIAS



Estiagem

Em abril, chove apenas metade do esperado em Concórdia e piora quadro de estiagem


Previsão do tempo aponta para um maio seco.

Por Luan de Bortoli
06/05/2020 às 06h28 | Atualizada em 23/11/2020 - 08h36
Compartilhar


Dando sequência a um início de ano seco e agravando ainda mais o cenário de estiagem, o mês de abril fechou com chuva abaixo do esperado, situação que vem se repetindo desde o início de 2020. Conforme dados da Estação Agrometeorológica da Embrapa Suínos e Aves, o quarto mês do ano fechou com apenas 76 milímetros em Concórdia.

Essa quantidade representa apenas 54% do normal histórico do mês, que é de 140 milímetros. Na década, ou seja, desde 2011, este foi o terceiro abril menos chuvoso, atrás apenas de 2018 (36 milímetros) e 2015 (61 mm). Houve chuva significativa apenas nos dias 6 (41 mm) e 14 (29 mm). A segunda quinzena do mês, por exemplo, não teve nenhuma precipitação.

Assim, abril foi o segundo mês de 2020 com a menor quantidade de chuva. Março teve 43 e é o mais seco até agora. Ainda assim, este não foi o abril mais seco já registrado no município. Conforme a Embrapa, o recorde ainda pertence a abril de 1987, quando choveu apenas 19 milímetros. No outro extremo, em abril de 2010 foram 284 milímetros de chuva.

A previsão do tempo da Epagri/Ciram continua apontando um período seco, com impacto direto na estiagem. Conforme o órgão catarinense, em maio a chuva deve ficar abaixo da média esperada para o período, que normalmente, na região de Concórdia, é de cerca de 100 a 200 milímetros. No quinto mês do ano, a chuva também será mal distribuída
 




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM