NOTÍCIAS



Especial

Casal colhe repolho de sete quilos no bairro Imigrantes


Verdura gigante surpreendeu vizinhos e amigos

Por Simone Vieira
29/09/2020 às 19h02 | Atualizada em 30/09/2020 - 13h34
Compartilhar

E para descontrair um pouco nessa época de pandemia, onde muitas pessoas por fazerem parte do grupo de risco estão reclusas, hoje vamos contar a história desse casal simpático: o seu Nelson Franciscon (77) e a dona Delfina Franciscon (77) do bairro Imigrantes de Concórdia. 

Conforme o filho Edson, o casal de idosos adora trabalhar no plantio de hortaliças. Ainda mais agora com a pandemia que as saídas estão restringidas. “Desde fevereiro eles quase não saem de casa. Minha mãe já passou na época pela Febre de Tifo e ela conta que perdeu todos os cabelos, então eles tem medo de pegar o Coronavírus”. 

Nessa semana, o casal se divertiu com a colheita de uma verdura muito apreciada na mesa dos brasileiros, um repolho gigante de sete quilos. Seu Nelson se diverte que ganhou a semente de um amigo alemão. “Como todo alemão é teimoso eu ia todo dia e dizia pro pé de repolho, duvido que você cresça”, conta arrancando risos. 

Edson conta que o pai ganhou as sementes da hortaliça de um amigo da família, Nei Knob, e que usou de adubação abundante com material orgânico. "Com o carinho e cuidados deles, três unidades da verdura nasceram. Eles estão só na alegria esperando que as outras duas cabeças também venham grande assim”. 

Assim como na família Franciscon é importante não deixar os idosos isolados socialmente nessa pandemia. “Nós não deixamos eles sozinhos. E eles adoram mexer na terra, é um passatempo. Plantamos pitaia  e maracujá também”. 

Se você ainda desfruta da companhia das pessoas idosas em sua família, vizinhos, faça com que essas pessoas se sintam úteis, importantes. Faça vídeo-chamadas pelos aplicativos de mensagem, ligue, se faça presente. 


Confira o vídeo:





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM