Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Coronavírus

Quase 90% dos profissionais da educação foram vacinados contra a covid em Concórdia

Sindicatos da educação enviaram nota à imprensa esclarecendo confusão.

Por Luan de Bortoli
11/06/2021 às 06h16 | Atualizada em 11/06/2021 - 07h42


Polêmica em Concórdia, a imunização de profissionais do setor de educação contra a covid-19 gerou desencontro de entendimentos. Chamados para se vacinar desde o fim de maio, estes trabalhadores tiveram duas ações exclusivas de vacinação, que, no entanto, tiveram um número abaixo do esperado pela administração municipal.

Nas duas oportunidades, a prefeitura informou que em função da baixa procura, estava abrindo a imunização para mais um grupo de pessoas – adultos de 55 a 59 anos. No entanto, os profissionais da educação e seus representantes não concordaram com esta colocação e por isso publicaram nesta quinta-feira, dia 10, uma nota de esclarecimento.

Nela, a classe elenca motivos para o não comparecimento dentro do esperado e destaca que os profissionais são afetados diretamente pela pandemia desde o início do ano passado e por isso vinham esperando com ansiedade o momento para início da imunização, inclusive participando de um censo para definir a quantidade exata de pessoas deste grupo prioritário.

Entre estes motivos, a nota cita que muitos profissionais já foram imunizados contra a covid por fazerem parte de outros grupos, como pessoas com mais de 60 anos, portadores de comorbidades e gestantes/puérperas. Soma-se a isso o fato de que alguns trabalhadores passaram ou passam pela covid e precisam aguardar um período para receber a vacina, além daqueles que foram imunizados contra a influenza e também precisam respeitar uma janela imunológica.

A reportagem da emissora levantou com a assessoria de comunicação da prefeitura de Concórdia o total esperado para este grupo e quantas pessoas haviam sido imunizadas até a quarta-feira, dia 09, última ação realizada para estes profissionais até o momento. Quase 90% deles já foram atendidos pela campanha.

Até a última quarta quase todo o grupo deste público-alvo havia sido imunizado, conforme o levantamento. Segundo a prefeitura, o total global a ser vacinado era de 2.161. E até o momento, aproximadamente 1.910 profissionais da educação haviam se cadastrado e recebido a primeira dose do imunizante, o que dá um percentual de 88% do esperado.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM