Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Concórdia

​Ainda não há data para definição sobre trânsito trecho da rua do Comércio no Calçadão

Trabalho no Quiosques deve ser finalizado em breve.

Por Luan de Bortoli
21/06/2021 às 06h15 | Atualizada em 22/06/2021 - 08h38


A proibição de passagem de veículos no trecho da rua do Comércio no Calçadão de Concórdia seguirá por, pelo menos, mais algumas semanas, pois, conforme informações repassadas pela administração municipal à reportagem da emissora, ainda não há um prazo estabelecido para definir sobre a liberação ou não do tráfego no local.

Nos últimos dias, foram colocadas placas de orientação e sinalização no trecho interrompido do Calçadão, e isso aguçou a curiosidade de parcela da população quanto à liberação do trânsito naquele local. No entanto, conforme a prefeitura, isso ocorre porque estes equipamentos constavam no projeto e estavam na licitação, por isso era necessário que fossem instalados.

Diante disso, quanto à autorização ou não da passagem de veículos pela nova via, ainda há indefinição e o local segue com a proibição do tráfego. Antes de uma decisão oficial, a prefeitura deverá discutir novamente com representantes de entidades de Concórdia e a sociedade em geral. Algumas opções são levadas em conta, como a liberação parcial em horários específicos ou o fechamento total.

Quanto ao novo Quiosques, a previsão de finalização para o mês anterior não se confirmou. Mas, de acordo com as informações da prefeitura, a estrutura passa pela etapa de finalização. Houve um atraso por conta da pandemia, especialmente em relação a materiais metálicos. Mas a expectativa da administração é que isso em poucos dias será concluído.

Recentemente, a prefeitura liberou para veículos o trecho do Calçadão que compreende a rua Anitta Garibaldi como teste para observar como os motoristas se comportam. A avaliação inicial foi positiva. Enquanto isso, segue a instalação de todos os demais itens que compõem o mobiliário urbano.

A revitalização do Calçadão, que começou em janeiro do ano passado, oferece um espaço moderno e inovador, aproximando pedestres, ciclistas e motoristas. Orçada em aproximadamente R$ 4 milhões, sendo parte do recurso do programa Avançar Cidades e outra da COSIP - Contribuição para o Custeio dos Serviços de Iluminação Pública, a obra conta com toda a estrutura elétrica (iluminação, energia e telecomunicação) subterrânea, que é uma das grandes novidades da modernização.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM