Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Coronavírus

Covid: saiba como será a imunização em adolescentes e reforço nos idosos em Concórdia

Agendamento para adolescentes ocorreu hoje. Idosos não precisam agendar.

Por Luan de Bortoli
14/09/2021 às 06h16 | Atualizada em 15/09/2021 - 07h49


Inicia nesta semana a nova etapa de vacinação contra a covid-19 em Concórdia. Os novos contemplados são os adolescentes de 12 a 17 anos e idosos com mais de 87 anos. O primeiro grupo deverá ser vacinado na quarta-feira, dia 15, enquanto que o segundo fica para quinta-feira, dia 16.

A vacinação desta nova etapa, que compreende a primeira dose nos adolescentes e a terceira nos idosos, ocorre com a vacina da Pfizer, e foi autorizada ainda no início de setembro pelo Estado. Mas os imunizantes apenas chegaram no último fim de semana à Regional de Saúde de Concórdia.

O agendamento para o primeiro grupo ocorreu nesta terça-feira, dia 14, no concordia.atende.net. No período da manhã, esteve liberado o cadastro de horário para adolescentes de 17 anos, e terminou por volta das 09h45. No período da tarde, será a vez dos adolescentes com comorbidades. A vacinação será das 12h às 16h de quarta em ambros os grupos. 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a intenção é continuar as aplicações no modelo Drive-thru, com agendamento. Os adolescentes precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais, fazendo a comprovação por meio de carteira de identidade e certidão de nascimento.

Aqueles que não estiverem acompanhados pelos pais ou responsáveis, poderão se vacinar mediante apresentação de uma autorização assinada pelos mesmos. O modelo do documento estará disponível no site do agendamento. A prefeitura lembra que a vacinação é feita no estacionamento da UnC Concórdia.

Para a vacinação dos idosos, não é preciso agendamento. Conforme a secretária Leide Mara Bender, esse público deve apenas chegar até o estacionamento da UnC, onde é feita a imunização, das 08h às 11h da quinta-feira. O formato segue por drive--thru, mas sem reserva de horário. É preciso que o idoso já tenha tomado as duas doses há mais de seis meses.

Por meio da nota técnica, enviada ao município, o Estado de Santa Catarina estipulou que 10% das doses de cada remessa devem ser destinadas aos grupos prioritários desta faixa etária (comorbidades, deficiência permanente, gestantes, puérperas e lactantes). Para esses grupos, é necessário apresentar atestado médico, ou autodeclaração nos casos de deficiência permanente.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos de vídeos e imagens.






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM