Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Agropecuária

Presidente da ACCS faz uma avaliação sobre a audiência com a ministra da Agricultura

Entidade reitera que setor vive um das piores fases.

Por Luan de Bortoli
28/01/2022 às 06h15 | Atualizada em 28/01/2022 - 08h08


Entidades ligadas à agricultura, e em especial, à produção suinícola, tiveram um encontro remoto com a Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, na última quarta-feira, dia 26. Na oportunidade, foram debatidos novamente os problemas ligados ao setor. A atividade, que é uma das mais importantes da economia de Santa Catarina, está atravessando por dificuldades.

A Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), com o presidente Losivânio de Lorenzi, participou da reunião. Este foi o segundo encontro dela com representante da região, já que recentemente a ministra passou por Chapecó. Conforme levantamento feito pela ACCS, em 2021 o suinocultor teve uma perda aproximada de R$ 110 por animal comercializado. O presidente da ACCS fez uma análise de como foi o encontro e as respostas obtidas até agora.

“Com relação a milho balcão, somente vai conseguir quem tem Adap, quem é do Pronaf. Pis e confins, ainda não foi prorrogado para importação do Mercosul. O que ofereceram é um financiamento especial para estocagem. Sobre parcelas vencendo e jogar lá pra frente, eles acreditam que dá pra fazer. Sobre novos mercados, disseram que México está quase certo. A Rússia, pelo que se sabe, até o final de abril vai ter que importar essas 100 mil toneladas que comentou em comprar. Coreia tem um acordo com o Mercosul, mas não tem apoio da indústria brasileira”.

Losivânio também aproveitou a oportunidade para levar demandas ao governo do Estado. “Com relação a Santa Catarina, também, solicitamos o zeramento do ICMS na venda final da carne, mas o secretário da fazenda está irredutível, porque disse que não vai mudar o cenário. Eu acredito que vai, porque se o governo zera o tributo, o mercado e os frigoríficos baixam um pouco a margem de lucro, com certeza teríamos um consumo muito mais de carne suína”.

No encontro, a ministra disse que o Ministério da Agricultura tem um comprometimento com os produtores para que eles possam ter condições de produzir, gerar renda e aumentar seus negócios. 
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM