Rádio 96 FM

NOTÍCIAS


Coronavírus

MS ampliará vacina da covid para novo grupo, mas Concórdia aguarda novas doses

Município não tem previsão para iniciar a aplicação em nova faixa etária.

Por Luan de Bortoli
20/06/2022 às 06h15 | Atualizada em 20/06/2022 - 10h50


O Ministério da Saúde deve anunciar neste início de semana a ampliação da quarta dose da vacina contra a Covid (ou a segunda dose de reforço) a pessoas com 40 anos ou mais. A medida foi discutida na última semana em reunião do Programa Nacional de Imunizações (PNI), e uma nota técnica sobre a ampliação deve ser publicada  nesta segunda (20).

Em Concórdia, porém, ainda não há uma data concreta para este início. Conforme informações da equipe de saúde, assim como foi com a etapa anterior, ainda não há doses suficientes para isso. De acordo com o que foi levantado, o município espera a publicação da nota técnica pelo Estado para pensar na organização da nova etapa de imunização.

Além disse, a equipe de saúde também aguarda que o governo federal repasse vacinas a Santa Catarina para que, então, o governo do Estado, faça o envio das novas vacinas às prefeituras catarinenses. Quando isso, ocorrer, a ampliação terá início. Na vez anterior, isso levou cerca de uma semana, ou seja, podendo ficar para a próxima semana.

Para pessoas que foram vacinadas com o imunizante da Janssen, a orientação é que elas podem receber a próxima etapa conforme a idade. Ou seja, agora, pessoas com 40 anos ou mais, que receberam as duas primeiras da Janssen,  poderão ser imunizados com a terceira dose de qualquer vacina (equivalente à quarta da população em geral).

A segunda dose de reforço tinha sido liberada para a população acima dos 50 anos no último dia 4 de junho, e em Concórdia demorou um pouco mais para começar pois havia falta de doses para o novo grupo. Assim como ocorreu nas outras faixas etárias, a quarta dose só pode ser aplicada no mínimo quatro meses após a terceira.

Em Concórdia, até o momento, são aplicadas a quarta dose em pessoas com 50 anos ou mais, além da terceira para toda a população, incluindo adolescentes a partir de 12 anos. Há ainda primeira e segunda dose para crianças e adultos que estão atrasados, mas apenas em ações pontuais.

Alguns locais, como o Distrito Federal, Teresina e Belém, já começaram a aplicação da quarta dose antes mesmo da recomendação do ministério. Os estados e municípios não são obrigados a seguir as recomendações do governo federal e podem elaborar regras próprias para o combate à pandemia, como reforçou o STF (Supremo Tribunal Federal) em decisão de 2020.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM