NOTÍCIAS



Concórdia

Concórdia encaminha alternativas para o futuro do transporte coletivo


A prefeitura não descarta um subsídio, dentre outras alternativas

Por Lucas Villiger
20/08/2022 às 05h58 | Atualizada em 21/08/2022 - 07h08
Compartilhar


O aumento nos custos para manter o transporte coletivo em funcionamento é fato. Dentre os principais, está o óleo diesel, que sofreu reajustes constantes nos últimos meses. Mas para amenizar o impacto no bolso do usuário, a Prefeitura de Concórdia vem buscando alternativas. Os encontros entre o município e a empresa Hodierna, detentora da concessão em Concórdia, vem ocorrendo há alguns meses. Uma nova reunião foi realizada na tarde desta sexta-feira, 19, entre o prefeito Rogério Pacheco, empresário Dagnor Schneider e comissão de transporte coletivo. 

A prefeitura não descarta um subsídio, dentre outras alternativas, para que o valor da tarifa fique compatível com realidade financeira dos trabalhadores, que dependem do meio de transporte. “Sabemos da importância deste sistema de transporte coletivo para a população e por isso, estamos buscando formas para amenizar impactos, que possam ser negativos para os usuários”, destaca o prefeito Pacheco, que encaminhará uma proposta à Câmara de Vereadores.


Fonte: Prefeitura de Concórdia




01 COMENTÁRIO
Deixe também o seu Comentário




Alceu Matiollo comentou em 20/08/2022 as 18:17:22
Precisa um terminal urbano mais estruturado com linhas e horarios bem definidos. A melhor proposta e utilizar o atual terminal municpal (RODOVIARIA) onde todas as linhas.Do contrario o cidadao prefere usar motocicleta ou automovel.



VEJA TAMBÉM