NOTÍCIAS



Bombeiros

Grave acidente é registrado na BR-153 em Concórdia


Colisão envolveu duas carretas no KM 106 na manhã desta quinta-feira (24).

Por Rafael Martini
24/11/2022 às 10h50 | Atualizada em 25/11/2022 - 10h59
Compartilhar


Um grave acidente envolvendo duas carretas foi registrado na manhã desta quinta-feira (22) na BR-153 em Concórdia. O fato aconteceu no KM 106 da rodovia, nas proximidades do britador do Vanderlei.

Conforme as informações apuradas, um dos veículos, sem placa, novo, somente o cavalo, conduzido por uma mulher de 41 anos, vinha vindo de São Paulo com destino a São Borja, Rio Grande do Sul, acabou colidindo na lateral de uma carreta que fazia o sentido contrário. Após a batida, o cavalo saiu da pista e acabou colidindo em um paredão de pedra às margens da rodovia.

Segundo informações, a condutora do cavalo estava se dirigindo até o município de São Borja (RS) para realizar a entrega do veículo. A carreta que fazia o sentido contrário, estava carregada com máquinas agrícolas e estava se deslocando para o estado do Paraná. A mulher de 41 anos, após o acidente, chegou a ficar presa nas ferragens. 

A equipe do Corpo de Bombeiros Voluntários de Concórdia, foi acionada para atender a ocorrência, conseguiu tirar a vítima, que estava presa as ferragens e acabou sendo conduzida ao Hospital São Francisco. Segundo a guarnição que fez o atendimento, a condutora apresentava ferimentos nos braços e joelho, mas estava consciente. A princípio, apresentava somente ferimentos leves. Uma colega também estava em outra carreta atrás, explicou que a vítima é moradora de Ponta Grossa. Apesar dos danos de grande monta, nenhum óbito foi registrado.

A Polícia Rodoviária Federal também esteve no local do acidente realizando os levantamentos e orientando o trânsito, que chegou a ficar congestionado por estar trafegando parte do período em meia pista. Mais informações sobre as causas do acidente ainda serão apuradas pela equipe da PRF.


Fonte: Com informações do Repórter Serginho Primam






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM