NOTÍCIAS



Geral

​Celesc lança campanha de prevenção a acidentes com choque elétrico


Companhia está alertando que cuidados simples podem prevenir tragédias

Por Ederson Vilas Boas
16/03/2023 às 06h00
Compartilhar


Santa Catarina ocupa o 6º lugar em mortes por choque elétrico entre as unidades federativas do Brasil, com um total de 33 incidentes do tipo. A maior parte é composta por fatalidades que poderiam ser evitadas por meio de cuidados simples durante o uso de equipamentos eletrodomésticos. Por isso, a Celesc começa hoje uma campanha de conscientização para a prevenção de acidentes com a rede de energia. 

Em todo o País, prevalecem as mortes ocorridas em redes aéreas de distribuição (262 casos) e dentro de casa (149). As maiores vítimas são os adultos: foram 160 mortes de pessoas entre 31 e 40 anos, e 127 de pessoas entre 41 e 50 anos. Houve 55 mortes de crianças e adolescentes entre 0 e 15 anos em 2022. 

Os dados constam no Anuário Brasileiro de Conscientização para os Perigos da Eletricidade, lançado em 2023 e com números de 2022, a ser divulgado neste mês pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel). 

"Para evitar acidentes, é importante ficar de olho em certos hábitos do dia a dia", diz o gerente do Departamento de Segurança, Saúde e Bem-estar da companhia, Ricardo Furlanetto. "A eletricidade não tem cheiro, não tem cor e pode ser fatal se não for tratada de forma segura."  

O gerente salienta que o cuidado precisa ser redobrado quando se utiliza equipamentos como andaimes, escadas, vergalhões, trilhos de cortinas ou materiais metálicos próximos à rede elétrica. "Um simples contato com um fio energizado pode ser fatal", afirma. 

Aparelhos com maior potência, como ar-condicionado, chuveiro elétrico e micro-ondas têm circuito próprio, para evitar acidentes, mas é importante dimensionar as tomadas corretas para cada tipo de aparelho. 

Para oengenheiro de Segurança do Trabalho da Celesc, Fábio Rafaelli,"as casas precisam ter um projeto elétrico, o que facilita a manutenção e até a avaliação para o acréscimo de consumo na mesma rede". Ele ressalta que qualquer serviço elétrico seja feito por um eletricista especializado para evitar que haja problemas com a corrente elétrica. 

Em caso de necessidade de qualquer manutenção na rede elétrica, Rafaelli pontua que é importante que o disjuntor da residência seja desligado para evitar acidentes. 

Alerta com vegetação na rede 

Em um estado com regiões onde há forte presença de áreas de reflorestamento de eucaliptos e pinus, os perigos e danos provocados pela vegetação na rede elétrica são motivo de alerta. A Celesc vem reforçando os trabalhos de limpeza e poda dessas áreas, a fim de amenizar a situação, mas o problema continua sendo a principal causa das interrupções de energia no território catarinense. 

 A poda e roçada das áreas públicas dentro das faixas de segurança (15 metros de cada lado) são de competência da distribuidora de energia, e o destino correto do material cortado é de responsabilidade das administrações municipais. 

Já a poda de vegetação em área particular é dever do proprietário. Dessa forma, ao perceber que os galhos estão crescendo muito, o dono do imóvel ou representante deve providenciar a poda preventiva. O serviço deve ser realizado por pessoa habilitada e equipada de forma segura. Caso haja interrupção no fornecimento de energia motivado por vegetação em propriedade particular, o acesso da distribuidora ao local é permitido, mesmo sem prévio aviso ou anuência do proprietário. 

Veja abaixo algumas dicas da Celesc para prevenção contra acidentes com a rede elétrica: 
 - A Celesc deve ser informada quando houver corte de árvores de grande porte próximas à rede elétrica. Apenas equipe especializada e autorizada pela prefeitura pode executar o serviço; 

- Caso um fio se rompa e caia, deve-se considerar que ele está energizado todo o tempo, isolar a área e não permitir que ninguém se aproxime. O proprietário também deve pedir auxílio à Celesc pelo telefone 0800 048 0196. 

- O cuidado com a operação de máquinas agrícolas também é de extrema importância. Sempre que forem realizados serviços próximos à rede elétrica, deve-se verificar se não há possibilidade de encostar alguma parte móvel da máquina nos fios da rede elétrica. 

- As queimadas nas proximidades da rede também são definitivamente perigosas e não devem ocorrer. Mesmo que o fogo não atinja diretamente postes ou torres, o calor pode provocar curtos-circuitos. 

- O proprietário da área de reflorestamento pode sofrer ações judiciais por descumprimento da lei, podendo ser responsabilizado pelos danos causados a terceiros e à Celesc.  

Segurança em ambientes externos: 

- Considere a rede energizada mesmo quando a energia estiver desligada; 

- Não pendure ou jogue nada na rede elétrica; 

- Não fixe enfeites ou solte fogos perto da rede elétrica; 

- Soltar balões é crime e pode causar graves danos à rede elétrica, além de provocar incêndios; 

- Nunca resgate pipa ou outros itens que enroscam nos fios elétricos; 

- Não toque em fios partidos ou soltos na rua e avise imediatamente à Celesc pelo telefone 08000 48 0196; 

- Lembre-se de que irregularidades e furtos na rede de energia, além de serem crimes, podem ocasionar choques elétricos, curto circuitos e incêndios. 

- Cuidado ao usar máquinas agrícolas perto da rede elétrica; 

Segurança na residência: 

- Ao adquirir equipamentos elétricos confira se a fiação suporta a potência do equipamento; 

- Antes de qualquer conserto na instalação elétrica, desligue o disjuntor (chave) geral, no quadro de energia da residência; 

- Apenas especialistas, com equipamento de proteção adequados, devem trabalhar diretamente com a rede elétrica; 

- Evite usar equipamentos como chapinhas e secadores com as mãos molhadas. Também evite colocar esses aparelhos em um lugar com água, como a pia; 

- Observe sempre o estado dos seus aparelhos e verifique se há fios soltos ou desencapados; 

- Evite usar o chuveiro elétrico durante tempestades; 

- Nunca mova a chave verão/inverno com o chuveiro ligado; 

- Em caso de enchentes, o disjuntor geral deve ser desligado caso o nível da água chegue à altura das tomadas, para evitar acidentes; 

- Não instale antena perto da rede elétrica; 

- Evite realizar qualquer tipo de instalação elétrica durante períodos de chuva. 


Fonte: Assessoria de Imprensa/CELESC




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM